Lembra do Mappin? As Lojas estarão de volta através do mundo digital!

0
24

O Mappin voltará através de uma plataforma virtual. Dentro de seu site, a rede proporciona investimentos em produtos de qualidade para o segmento de decoração e itens domésticos. Através do e-commerce, o Mappin voltará atendendo o público de todo o Brasil, com ferramentas que possibilitam o poder de compras virtuais, como forma de expandir seus investimentos.

Abdul Fares, além de sócio proprietário da rede Marabraz, é graduado em Administração de Empresas. E, segundo ele, essa plataforma digital atenderá através de ferramentas que permitem com que o cliente realize a compra de objetos de decoração, e de qualidade sem precisar sair de seu próprio lar, ou conforto.

Abdul Fares também conta que o Mappin voltará com um cartão de crédito internacional para que as classes A e B possam ter outra opção de pagamento em parcelas, oferecendo mais facilidade para o cliente ao adquirir seus desejados produtos. O parcelamento do cartão será permitido em até 16 vezes, através do Banco Pan – Marabraz Visa Internacional.

Inicialmente destinado ao público classe A, o Mappin foi um dos principais centros de compra da elite paulistana até os anos 1950. Com o passar dos anos, popularizou-se e foi uma das empresas a primeiro oferecer crediário no país. Na década de 90, o Mappin teve um dos maiores prejuízos de sua história e foi vendido para o empresário Ricardo Mansur. E em 1999, a rede declarou falência. A marca pertence, desde 2010, à Marabraz, que a comprou por R$ 5 milhões através de um leilão.

Em 2013, o Mappin se estivesse na ativa naquela época, teria completado exatamente 100 anos de sua história. Após seu encerramento em suas operações, nenhuma outra marca no segmento conseguiu ter a sua identidade tão bem associada a São Paulo quanto as Lojas do Mappin.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui