O major Audivan Nunes, da Polícia Militar, disse que Anderson Carvalho da Silva foi preso suspeito de ser o autor dos disparos que matou o jogador Helton Carlos dos Santos.

Helton Carlos. Jogador foi morto por engano, segundo a polícia. — Foto: Arquivo Pessoal
Helton Carlos. Jogador foi morto por engano, segundo a polícia. — Foto: Arquivo Pessoal

A polícia prendeu na manhã desta segunda-feira (12) mais uma pessoa suspeita de participar da morte do jogador de futebol Helton Carlos. O crime aconteceu no dia 14 de junho, no bairro Vila Operária, Zona Norte de Teresina. Segundo o coordenador do DHPP, Francisco Costa, o Barêtta, o rapaz foi morto por engano.

O major Audivan Nunes relatou que Anderson Carvalho da Silva foi preso suspeito de ser o autor dos disparos que matou o jogador. “Ele estava na motocicleta com o Lucas Felipe que foi preso na semana passada. Temos informações de que o Anderson que atirou no rapaz, ele nega o crime”, contou.

Na semana passada, Lucas Felipe dos Santos Melo foi preso na Zona Norte de Teresina pelo Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) suspeito de participar do assassinato do jogador.

“Eles tinham interesse de matar um outro rapaz, identificado como Bruno, mas acabaram matando esse jogador. O Bruno é suspeito de matar a mãe de um dos envolvidos em 2008 e eles planejaram esse crime. Foram três pessoas ao local, em duas motos, o Lucas Felipe estava conduzindo uma das motos pronto para dar fuga aos atiradores”, informou o coordenador do DHPP.

A polícia continuará realizando buscas com objetivo de prender o terceiro suspeito de participação no assassinato do jogador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui