Identificado como Deivid Ferreira da Silva, o suspeito foi preso nesta quarta-feira (7), no bairro Verde lar, Zona Leste de Teresina.

Gabriel Brenno, de 21 anos, foi baleado na cabeça no Centro de Teresina — Foto: Arquivo Pessoal
Gabriel Brenno, de 21 anos, foi baleado na cabeça no Centro de Teresina — Foto: Arquivo Pessoal

O homem suspeito por matar o estudante Gabriel Brenno Nogueira, de 21 anos, com um tiro na cabeça no Centro de Teresina. Identificado como Deivid Ferreira de Sousa, o suspeito foi preso nesta quarta-feira (7), no bairro Verde lar, Zona Leste de Teresina.

De acordo com a Secretaria de Segurança do Piauí, o Deivid Ferreira foi indiciado pelo crime de homicídio qualificado.

Relembre o caso

O estudante Gabriel Brenno, de 21 anos, foi baleado na cabeça na manhã do dia 17 de julho de 2019, logo após sair da pensão onde morava na rua Paissandu, no Centro de Teresina. O estudante foi socorrido e encaminhado para o Hospital de Urgência de Teresina, onde ficou seis dias internados até falecer.

Imagens de câmeras de segurança de estabelecimentos localizados na região onde aconteceu o crime flagraram o momento em que o estudante é baleado. Nas imagens é possível ver o atirador esperar o estudante sair da pensão para surpreendê-lo. Depois do tiro, o suspeito fugiu correndo e esteve foragido até a manhã desta quarta-feira (7).

Segundo o delegado Sérgio Alencar, titular do 1º Distrito Policial, o suspeito seria companheiro de uma mulher com quem a vítima teria tido um caso. O delegado disse que o autor do crime premeditou a execução por vingança.

“O inquérito indica que foi um crime planejado, ele estava querendo se vingar. Há as características de premeditação, temos imagens dele chegando, esperando, quando [o Gabriel] saiu, ele portando a arma chegou pelas costas e efetuou o disparo na cabeça, fugindo em seguida correndo. E depois disso ele entra no carro e foge”, contou o delegado.

Na época, o suspeito havia sido identificado como o motorista de aplicativos Deivid Ferreira. A polícia investiga se ele usou um veículo alugado para ir até o local. Ainda não se sabe se o carro foi alugado para o crime ou se ele já utilizava nas corridas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui